domingo, 20 de agosto de 2017

O Sábio Apazigua o Jardim


Penso

tanto que tenciono-me

alongo-me em reticências

que nunca se tornam palavras

mesclam e embrulham-se mudas

fazendo este embaraço que aqui 

escarro:

*!


Ai, 

que se eu tivesse a minha idade

o meu talento, a minha sabedoria,

eu não me preocupava tanto

aliás, eu não me preocuparia

com nada absolutamente.

Se eu tivesse visto o que eu vi

vivido o que vivi, enfim, 

nem aqui cabe.

A tolice dos jovens é um direito

caro, porém inalienável.

Portanto fica assim, 

só esse conselho: tudo é perfeito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários?