quinta-feira, 5 de maio de 2016

Substanciação


Entre a Renúncia e a Restrição há o abismo do desapego.
A ambição está aquém da esperança: 
A morte é um meio, nunca um fim.
A fábula é moral.
Na vida não existem finais. Os desfechos são apenas metáforas para as conclusões a que cada indivíduo precisa chegar.
Encenamos como quem nem sabemos.
Só quem desposa a prudência vem a saber de sua viuvez: 
Certas coisas não se comentam. Nem com os cônjuges.
O altruísta do holofote tem uma sombra atrás de si que o remenda a cada ato e cresce coadjuvante.
Silêncio é compaixão.
A intimidade é um fruto que se colhe maduro.
O precoce amarga, morre cedo ou nem chega...
Ápice implica ritmo. Nem todos têm.
Renitência por Reticência
Dos quases nas entrelinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários?