quinta-feira, 21 de abril de 2016

Koan das Conveniências

"Nada é verdadeiro, tudo é permitido"
De fato. Mas também: 
"Tudo posso, nem tudo me convém".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários?