terça-feira, 1 de setembro de 2015

Dos defeitos da integridade


Nunca tive jeito com plantas.
A vida inteira eu carrego uma foice
e nunca nem me dei conta.




Eu prometo ser menos exigente daqui para frente, sem no entanto me tornar rarefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários?