quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

BOOMERANG

e a convicção de que a conexão não é terrena & independe de localização para o situar-se mútuo.

que todo homem que possui uma virtude possui, em mesmo grau, um vício que provém do descuido! o tempo dedicado a afinar-se em uma nota é o mesmo do reparo: a sinfonia é composta de tons errantes e nenhum deles pode ser pleno em sua individualidade, portanto o REFINAR-SE!

e no ritmo individual que possuímos resta-nos o conforto da sintonia.

se vibramos com isso? claro! pois a sinceridade para conosco, sempre em primeiro plano: responsabilidade é dada para a capacidade.

e se hesitamos diante os deleites de um universo irônico? bem, a dúvida fora colocada e explanada em seu enunciado! nunca tivemos exatamente tempo para acanhar-nos com estes assuntos...

na verdade, acredito que seja mesmo falta de interesse...

você e eu sabemos o quão difícil é captar-nos a atenção com estes assuntos tão... monó...

ah, você me entendeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários?