segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Cifrado

num dia eu sou sereno, no outro eu sou veneno
assim me altero & me alterno.

num dia, paciência: espero...
no outro, indolência: Inferno!
sincero,
ainda que enfermo.

de semblante incerto, sou dúvida em questão
curiosidade me implora desnudo, mas é questão de humor...

conheço mil-e-um sorrisos para fazer meu silêncio inteligível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários?